AGÊNCIA MODELO

Agência Modelo Marketing e Comunicação

Coordenador do Projeto de Extensão:
Professor: Fábio Oliveira Vaz (*)

O projeto da agência modelo é permanente Participantes
Professor Jorge Van Dal
Professor Fábio Vaz
Alisson Pedro

JUSTIFICATIVA

As pequenas empresas atravessam hoje um momento de grande incerteza, já que têm, como competidores, organizações de todos os portes, algumas com potencial bem mais competitivo no que tange a preços, distribuição e comunicação. Para atingir o seu mercado-alvo e suprir suas necessidades, essas pequenas empresas, às vezes, mesmo investindo no melhor produto ou serviço não conseguem torná-lo conhecido e desejado pelo seu target.

São notórias as dificuldades encontradas por empresas de diversos setores para adaptar modelos de planejamento de marketing e comunicação para suas realidades, bem como implantar as estratégias competitivas. Este agência foi pensada principalmente para pequenos empresários, em especial da área de varejo, e enfoca as tendências atuais de mercado e os conceitos básicos de marketing e de comunicação, como: marketing, endomarketing, comunicação com público interno, clientes, imprensa e comunidade em geral. No que tange o aspecto educacional, a Agência Modelo foi criada para proporcionar aos acadêmicos a possibilidade de transformar suas habilidades e competências pré-existentes somado ao conhecimento adquirido em sala de aula na prática, a fim de praticar auxiliando o mercado local e seus empresários em suas estratégias mercadológicas e de promoção do negócio. Tal prática será importante para sua formação acadêmica e sua aproximação com o mercado real.

A Agência de Comunicação & Marketing da FATECI está organizada da seguinte forma: Atendimento, Planejamento, Pesquisa Mercadológica, Redação, Ilustração, Produção Gráfica, Web, AudioVisual, Marketing Promocional, Mídia e Eventos. Essas áreas possuem estagiários remunerados e voluntários, orientados por monitores supervisores e vinculados à coordenação geral da Agência.

 

É o setor que entra em contato com o cliente e recebe as informações que irão orientar todo o trabalho do planejamento e da criação.
Analise dos fatores que influenciam a comunicação dos clientes, propõe soluções e táticas e cria conceitos de campanhas.
Identificar segmentos, montar estratégias metodológicas e realizar entrevistas de campo fazem parte da rotina desta área. É um trabalho importante, pois aponta para o planejamento e criação dos hábitos e atividades do consumidor. Faz avaliação da eficiência da embalagem e das peças publicitárias.
A função do redator publicitário é despertar o desejo do público-alvo com textos criativos, prazerosos e convincentes. A sua rotina é criar conteúdo para diversos meios, como revista, cartazes, rádio e TV, além de aprender na prática a diferença entre deixar o público-alvo apaixonado e fazer seu produto passar despercebido.
Esta é a área para quem gosta de usar a criatividade em imagens de todos os tipos. Assim como o assistente de arte, o ilustrador também possui talento artístico e utiliza softwares, mas se dedica mais a treinar seu traço para elaborar imagens divertidas, realistas ou até mesmo técnicas, dependendo do estilo que a peça ou campanha pede.
Do computador ao papel. Do papel ao mercado. O trabalho de um produtor gráfico é lidar com fornecedores, prazos e verbas para transformar o que o departamento de criação elabora em realidade.
A Internet é o meio das possibilidades em comunicação. É por isso que os profissionais de web não se contentam com uma coisa só: softwares variados para criar sites, hotsites, e-mail-marketing e apresentações multimídia com interatividade, navegação e conteúdo.
Organizar, planejar e coordenar projetos, fazer contatos e promover ações que integram e movimentam diversos setores, colaboradores e o público alvo.

OBJETIVOS

Nosso objetivo é auxiliar no desenvolvimento de um plano de marketing com implantação de ações estratégicas que possam tornar as pequenas empresas mais competitivas. É conteúdo de extremo interesse também para empresários, gestores de marketing e de comunicação.

Portanto, para poderem se tornar conhecidas e atrair o público de seu interesse, as pequenas empresas precisam conhecer e implantar algumas técnicas de marketing e de comunicação. Após a conquista do cliente, começa uma nova etapa: sua manutenção e fidelização, ações que requerem outras estratégias.